10 Melhores Filmes de Terror


Se tem um gênero de filmes que eu sou fã de carteirinha, é Terror. Por toda minha vida de cinéfilo eu já vi tudo quanto é tipo de filmes aterrorizantes - e outros que eu achava que seria assustador, mas que na verdade não dava medo nenhum. Dentro desse gênero há as categorias Espíritos e Assassinos (sei que há outras categorias, mas para simplificar eu cito somente essas duas).

Qual Eu Tenho Mais Medo?
Assassinos - por uma explicação muito óbvia: há enorme chance do que estou vendo no filme se transformar em realidade. Sobre Espíritos, sei que existem soltos por aí, mas não é tão fácil encontrar quanto um psicopata ambulante sedento por sangue.

E desde que eu comecei a sentir o gosto pelos terrores cinematográficos, venho catalogando (mentalmente mesmo) os melhores e os piores filmes desta categoria. Na minha humilde opinião, os Dez Melhores Filmes de Terror de Todos os Tempos estão abaixo, porém não os classifiquei do melhor para o super foda, apenas numerei em ordem decrescente, porque os dez filmes são OS MELHORES:

10. Psicose

EUA, 1960 - Duração: 119 minutos - Direção: Alfred Hitchcock
Esta obra-prima de terror e suspense conta a história de uma moça, Marion Crane (Janet Leigh), que após roubar 40 mil dólares da imobiliária onde trabalha, foge e acaba se hospedando em um hotel decadente na beira da estrada. O local é administrado por um caipira atencioso e tímido, chamado Norman Bates (Anthony Pekins), que nutre um forte respeito e temor por sua mãe. Ela então decide passar a noite no hotel, sem saber o perigo que a cerca.


Veredicto: Eu assisti o filme quando ainda tinha sete ou oito anos. E olha, como eu me caguei de medo. No início é tudo bonitinho, vida perfeita, fuga perfeita, hotel e atendimento singelos, mas perfeito, até que... suspense total. Com muitos sustos introduzidos ao longo das cenas. Desse filme, saiu uma cena clássica (sim a do banheiro).
Obs.: Esta versão é a original - em Preto e Branco. Existe uma segunda versão do filme, colorida, dirigido por Gus Van Sant, lançado em 1998. Também é boa, mas a original é ainda melhor.


9. O Exorcista

EUA, 1974 - Duração: 122 minutos - Direção: William Friedkin
Em Georgetown, Washington, uma atriz vai gradativamente tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que também um psiquiatra, e este chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão.


Veredicto: Eita filme assustador. Ele não é repleto de sustos, mas o filme em si dá muito medo. A história, o jeito que a personagem principal fica com o espírito no corpo. O que ela apronta com os Padres. Não tem como não lembrar dela na cama possuída, vomitando por todo lado, o que transformou em uma cena clássica.


8. O Grito

EUA, Japão, 2004 - Duração: 96 minutos - Direção: Takashi Shimizu
Em Tóquio uma casa comum oculta o pavor que nela há, pois quando alguém morre em um momento de terror nasce uma maldição, que não perdoa nem esquece e faz as pessoas morrerem vitimadas por uma poderosa ira. Neste contexto surge a estudante americana Karen Davis (Sarah Michelle Gellar), que, desconhecendo a maldição, está no Japão em um intercâmbio cultural. Karen é voluntária do Centro Social de Apoio, pois isto conta crédito para sua formatura na faculdade. Ela inocentemente concorda em substituir uma assistente social que não foi trabalhar, sem saber que ela na verdade foi vítima da maldição. Karen vai até a casa amaldiçoada para cuidar de Emma Williams (Grace Zabriskie), que tem uma letargia grave associada a leve demência, o que a faz ficar dormindo quase todo o dia. Ao chegar vê Emma em um estado catatônico, enquanto o resto da casa parece estar abandonado e desordenado. Enquanto cuidava de Emma, Karen ouve estranhos sons na parte de cima da casa. Ao investigar ela se defronta com algo tão apavorante que seria incapaz de imaginar, pois dentro da casa há uma sucessão de fatos apavorantes que são o resultado de algo terrivelmente maléfico, que surgiu de forma horrenda anos atrás. Como mais pessoas morrem, Karen é envolvida no ciclo de horror e aprende o segredo da maldição vingativa, que criou raízes nesta casa. Agora ela tenta parar isto antes que seja muito tarde, mas por mais que ela aprenda sobre a maldição e suas origens a força maléfica que Karen enfrenta é algo que ela ainda não dimensionou.


Veredicto: Quando eu vi o filme, eu já tinha assistido Todo Mundo em Pânico 3, onde eu captei as referências de diversos filmes de terror, um deles, O Grito. Você com certeza já sabe que os japoneses são fera em fazer filmes de terror. Se não sabe, estou lhe informando sobre isso agora. É treta! Prepare seu coraçãozinho...
Obs.: As sequências do filme também são boas - mas o primeiro filme da trilogia é o melhor.


7. Sobrenatural

EUA, 2011 - Duração: 102 minutos - Direção: James Wan
A família Lambert, formada por Josh (Patrick Wilson), Renai (Rose Byrne) e os filhos Dalton (Ty Simpkins) e Foster (Andrew Astor), acaba de se mudar. Logo, uma das crianças entra em coma de forma inexplicável, o que faz os pais pensarem que a nova casa abriga algum tipo de espírito do mal. Mas eles logo se mudam do local e nos dias seguintes acabam descobrindo que o problema não estava na casa e sim no próprio filho.


Veredicto: Pensa num filme porreta. Espírito pra tudo quanto é lado. Vou me limitar a dizer algo mais aqui, senão vou acabar soltando algum spoiler... #tenso
Obs.: Os capítulos seguintes dos filmes tem a mesma pegada, ou seja, são fodas.


6. Evocando Espíritos

EUA, 2009 - Duração: 92 minutos - Direção: Peter Cornwell
Você teria coragem de morar em um lugar onde no passado funcionava uma funerária? Pois é, quando Matt (Kyle Gallner), filho de Sara (Virginia Madsen) e Peter Campbell (Martin Donovan), é diagnosticado com câncer, toda a família precisa se mudar para um local mais próximo da clínica onde realizará seu tratamento. Aos poucos Matt apresenta sintomas estranhos, tendo uma súbita mudança de comportamento. Ao pesquisar o passado da nova casa, Sara e Peter descobrem que ela fora um centro de pesquisas que procurava algo além do que o simples contato com espíritos.


Veredicto: Esse filme não vai ser uma boa opção se você quer tomar sustos de ficar com o cabelo em pé, mas é bem obscuro... e não deixa de ser aterrorizante.


5. Possessão

EUA, 2012 - Duração: 95 minutos - Direção: Ole Bornedal
Clyde (Jeffrey Dean Morgan) e Stephanie Brenek (Kyra Sedgwick) estão separados, mas conseguem se relacionar para o bem das duas filhas do casal. Quando ele compra uma casa nova, sua filha mais nova Em (Natasha Calis) o convence a comprar algumas coisas para lá, entre elas, uma caixa de madeira muito bem trabalhada e ao mesmo tempo misteriosa, que não se pode abrir. Encantanda pelo artefato, a jovem descobre como se abre, passa a ouvir vozes e, em seguida, estranhos acontecimentos começam a acontecer na casa. Desconfiado do comportamento da caçula, totalmente diferente, ele conversa com a ex que não dá ouvidos e eles começam uma nova crise. Quando a mãe se dá conta de que ele falava a verdade, já é tarde demais, pois a jovem está possuída por um espírito do mal, que se alimenta de seus hospedeiros. Começa então uma corrida contra o tempo para salvá-la e um exorcismo pode ser a solução.


Veredicto: Estão enganados os críticos que disseram "Mais do mesmo, já vi algo semelhante em O Exorcista" - é terror, cheio de susto, vale cada segundo.


4. Atividade Paranormal

EUA, 2009 - Duração: 86 minutos - Direção: Oren Peli
Desde criança Katie (Katie Featherston) ouve ruídos estranhos, sussurros e sente sensações inesperadas. Já adulta, ela mora com seu namorado Micah (Micah Sloat), que, meio cético quanto aos depoimentos, resolve usar uma câmera para gravar tudo o que acontece enquanto eles dormem e vivem dentro da casa. O que era para ser apenas uma forma de esclarecer o mistério torna-se uma experiência intrigante e assustadora.


Veredicto: A série mais aterrorizante em se tratando de paranormalidades. Todos, até agora, foram assustadores e o quinto (que deve sair ainda este ano), não deverá decepcionar os fãs.


3. Invocação do Mal

EUA, 2013 - Duração: 110 minutos - Direção: James Wan
Harrisville, Estados Unidos. Um casal (Ron Livinston e Lili Taylor) muda para uma casa nova ao lado de suas cinco filhas. Inexplicavelmente, estranhos acontecimentos começam a assustar as crianças, o pai e, principalmente, a mãe. Preocupada com algumas manchas que aparecem em seu corpo e com uma sequência de sustos que levou, ela decide procurar um famoso casal de investigadores paranormais (Patrick Wilson e Vera Farmiga), mas eles não aceitam o convite, acreditando ser somente mais um engano de pessoas apavoradas com canos que fazem barulhos durante a noite ou coisas do gênero. Porém, quando eles aceitam fazer uma visita ao local, descobrem que algo muito poderoso e do mal reside ali. Agora, eles precisam descobrir o que é e o porquê daquilo tudo acontecendo com os membros daquela família. É quando o passado começa a revelar uma entidade demoníaca querendo continuar sua trajetória de maldades.


Veredicto: Pensa num terror do mal. Susto, mais susto e mais um pouco de susto. Um conselho? Tire as crianças da sala - só não caia na tentação de você também sair de medo.


2. Ouija - O Jogo dos Espíritos

EUA, 2014 - Duração: 89 minutos - Direção: Stiles White
Filme baseado no jogo de mesmo nome, utilizado para estabelecer comunicação com espíritos. De acordo com as regras do jogo, os espíritos fazem uma pedra se mover sobre letras em um tabuleiro, compondo frases destinadas aos jogadores. Na trama, uma adolescente deve lidar com a morte da irmã, e usa Ouija para falar com ela.


Veredicto: Esse filme é do mal - não tem amor aos espectadores. Do começo ao fim o filme assusta pra carambaralho. Porém para os fãs do gênero, um prato cheio para sair tremendo de medo do cinema, da sala, da casa do amigo - se conseguir sair, né?


1. Annabelle

EUA, 2014 - Duração: 98 minutos - Direção: John R. Leonetti
Um casal se prepara para a chegada de sua primeira filha e compra para ela uma boneca. Quando sua casa é invadida por membros de uma seita, o casal é violentamente atacado e a boneca, Anabelle, se torna recipiente de uma entidade do mal.


Veredicto: É a história de origem da boneca encontrada no filme Invocação do Mal, mas pensa num filme aterrorizante. Do início ao fim é susto pra tudo quanto é lado. Tem cenas que vai ficar grudada na sua cabeça por muito tempo. Aconselho assistir o filme sem vontade de ir ao banheiro, senão sua poltrona vai ficar suja.


* * *


Aqui estão os filmes que (na minha humilde opinião) estão classificados como os melhores de todos os tempos. Tudo bem, eu sei que a lista completa é enorme... caso você tenha gostado de algum que não está na lista, deixe nos comentários.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.