Resumão do Oscar 2015


Eu vou começar falando que o Oscar deste ano não chegou nem no chinelo da premiação do ano passado (apresentado pela Ellen DeGeneres). Cade as pizzas? Cade o selfie? Cade a originalidade? Cade o humor? Foi uma apresentação tão cansativa, séria e tímida.


A premiação foi apresentada por Neil Patrick Harris, que quando foi anunciado em outubro do ano passado o apresentador da cerimônia deste ano, levou a expectativa de seus fãs lá em cima, mas que quando começou (com seu "showzinho" meia boca, vide gif acima), não passou daquilo. Foi uma apresentação tímida, séria demais e desconcentrada.



Não é porque estamos vendo uma cerimônia/premiação que esteja garantido nosso entusiasmo, pelo contrário, deve a todo momento cativar o espectador - o que claramente não acontece por parte do apresentador. Não fosse a atriz Anna Kendrick e o ator Jack Black salvar a pátria ali, a abertura da cerimônia ia ser desprezada.


Depois, começamos as premiações com a belíssima Lupita Nyongo - que não foi indicada em nenhuma categoria, senão teria levado mais uma estatueta para casa com certeza. Ela apresentou os Indicados a Melhor Ator Coadjuvante:

Robert Duvall, por O Juiz; [se ganhasse ficaria feliz]
Ethan Hawke, por Boyhood; [se ganhasse também ficaria feliz]
Edward Norton, por Birdman; [não me simpatizo com este ator]
Mark Ruffalo, por FoxCatcher;
J.K. Simmons, por Whiplash; [nem tinha ouvido falar do filme... rs]

E o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante foi para:

J.K. Simmons - Whiplash
Depois de um pouco de piada tosca do apresentador, falando de uma lista que ele fez apostando em quem ganharia o prêmio em diversas categorias, colocou em uma pasta e pediu para o "dono do Oscar" proteger com sua vida até chegar na cerimônia e levar até o palco onde colocou em uma caixa de vidro trancada por cadeado. Nesse momento, Neil pede para a atriz Octavia Spencer não tirar o olho da caixa.

Será que ele pediu para Octavia ficar de olho porque ela tem um belo par de olhos?
Momento Piada Ruim - Neil pede: "Robert Duvall, a cada cinco minutos, por favor, acorde a Octavia Spencer se ela ficar com sono. Eddie Redmayne, a cada cinco minutos, por favor, acorde Robert Duvall" - ou seja, o próprio apresentador estava prevendo que a apresentação ia ser cansativa...

Depois foi a vez do ator Liam Neeson, falar de dois filmes indicados a Melhor Filme do Ano: O Grande Budapeste Hotel e Sniper Americano - com exibição dos trailers. Logo em seguida, Dakota Johnson falou sobre a importância da música nos filmes e apresentou o cantor Adam Levine que cantou desafinado a música Lost Stars - tema do filme Begin Again. Duvida? Veja você mesmo:



Momento Piada Ruim - "Todos a chama de Jenny from the Block. E todos o chamam de Chris Pine", disse Neil ao chamar Jennifer Lopez e Chris Pine ao palco, que apresentaram os Indicados a Melhor Figurino:

Milena Canonero - O Grande Hotel Budapeste [estava torcendo por ela]
Mark Bridges - Vício Inerente
Colleen Atwood - Caminhos da Floresta
Anna B. Sheppard - Malévola
Jacqueline Durran - Mr. Turner

E o Oscar de Melhor Figurino vai para:

Milena Canonero - O Grande Hotel Budapeste
Curiosidade sobre Milena Canonero -A figurinista venceu pela quarta vez o prêmio do Oscar, tendo nove indicações. As outras estatuetas ela levou por Barry Lyndon (1976), Carruagens de Fogo (1982) e Maria Antonieta (2007). Ela também fez o figurino do filme Laranja Mecânica, O Iluminado e O Poderoso Chefão III. Foi indicada 23 vezes em outras premiações, vencendo 19 vezes.
Em seguida foi a vez de Reese Witherspoon apresentar os indicados a Melhor Maquiagem e Penteado:

Bill Corso e Dennis Liddiard - Foxcather [não queria, mas tinha certeza de que iria ganhar]
Frances Hannon e Mark Coulier - O Grande Hotel Budapeste [meu favorito]
Elizabeth Yianni-Georgiou e David White - Guardiões da Galáxia [ficaria feliz se ganhasse]

E o Oscar de Melhor Maquiagem e Penteado foi para:

Frances Hannon e Mark Coulier - O Grande Hotel Budapeste
Logo depois, foi a vez de Channing Tatum apresentar o "Time do Oscar" - aqueles que trabalharam duro para o evento dar certo. Neste ponto, começou ser anunciado "Daqui a pouco teremos Lady Gaga se apresentando aqui no palco". Voltando dos comerciais, tivemos Nicole Kidman e Chiwetel Ejiofor apresentando os indicados a Melhor Filme Estrangeiro:

Ida - Pawel Pawlikowski
Leviathan - Andrey Zvyagintsev
Tangerines - Zaza Urushadze
Timbuktu - Abderrahmane Sissako
Wild Tales - Damián Szifron

E o oscar de Melhor Filme Estrangeiro foi para:

Ida - do diretor polonês Pawel Pawlikowski
(... continua ...)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.